CIJ - Violação dos direitos indígenas e crimes ambientais na Amazônia

Cecília Barbosa


Antônio José Henriques


Artur Magno


Isadora Valadares


Stella dos Santos


Corte Internacional de Justiça 2019: violação dos direitos indígenas e crimes ambientais na Amazônia Assassinato de mais de oito mil indígenas durante a ditadura militar brasileira, falta de atuação do Estado em relação à violência contra povos tradicionais, invasões militares em tribos indígenas, lentidão nos processos de demarcação de terras, pestes intencionalmente espalhadas em tribos e ocupação das terras indígenas por mineradoras e latifundiários. Essas são apenas algumas das atrocidades que marcaram a história indígena brasileira e que permanecem, até então, impunes. Vistas essas ilegalidades que vêm sendo cometidas pelo governo brasileiro na Amazônia, a ONU declara a situação como um crime contra a humanidade, levando o caso à Corte Internacional de Justiça. Assim, é iniciado um inquérito internacional transparente sobre a violação de direitos indígenas e ambientais, em que quatro casos relativos a esse tema serão examinados e julgados, tendo como réu o Estado brasileiro. Componha a mesa de juízes da Corte Internacional de Justiça, ou advogue pela culpa ou inocência do governo brasileiro. Caro delegado, o futuro indígena e ambiental do Brasil está em suas mãos.

descriptionGuia de estudo peopleDelegações